Viver sem ambições – surfar a onda

Quando a onda chega… é só surfar… desfrutar o culminar de horas, dias ou semanas a aprender a surfar… conseguir equilibrar… conhecer o mar… e ter paciência para esperar a onda.

Ambições, objetivos, sonhos… 3 palavras que dizem o mesmo!

Felizmente, não temos de “lutar” todos os dias.

Nem todos os dias, nem durante meses ou anos! Podemos e devemos desfrutar das nossas conquistas durante o mais tempo possível. Ou mesmo que não tenhamos conquistado algo importante, podemos viver em paz e estarmos felizes com o que temos, seja muito ou pouco.

Seja porque estamos cansados, ou porque simplesmente não temos ambições numa certa fase de vida, ou nunca reconhecemos em nós ambições de crescimento pessoal, profissional ou outro

Usufruir do momento, usufruir do que já alcançamos é o que dá a sensação estar vivo, é por estes momentos que vale a pena. Surfar a onda que chegou no momento que nós soubemos descobrir.

Se não podemos usufruir do que gostaríamos (por ex: se não podemos viajar porque não temos dinheiro), talvez seja a altura de redescobrir novos objetivos, novos sonhos. Pode ter o sonho de viajar, e um trabalho que dá melhor salário pode ser um meio para o sonho de viajar, e para ter um trabalho mais bem pago, pode ser preciso voltar à escola.

Pode demorar anos a chegar lá, mas se não fizer nada, o tempo vai passar da mesma maneira.

Este estilo de vida é principalmente uma escolha, como tudo na vida tem vantagens e desvantagens, e uma delas é a inveja.

Reparar no que os outros têm e alcançam é enganador. Não é possível saber o que os outros deram de si só para ter 1 mês de descanso, paz e harmonia. Não sabemos!

Não sabemos se alguém se ri como forma de se agarrar à vida com a sombra de uma doença. Não sabemos!

Sabemos de nós. Só sabemos de nós. Só temos o poder de mudar a nossa vida. Infelizmente, só nós temos o poder de mudar a nossa vida. Digo “infelizmente”, porque muitas vezes gostaríamos que alguém caído do céu, entenda onde queremos secretamente chegar. Podemos ter ajudas para empurrar o barco do cais, mas somos nós que vamos atravessar o oceano sozinhos na mesma.

Desfrute da vida!

Ria!

Brinque!

Encante-se!

Arrepie-se!

Surfa!


Photo by Sebastian Staines on Unsplash

Deixe uma resposta